quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Review da cerveja Inocência



Hoje, pra fazer a review da cerveja Inocência, vou estrear um estilo novo de resenha de cerveja aqui, neste blog.

Vou usar o modelo que o Facínora me ensinou e ele está usando lá no conteúdo que está sendo preparado para o Bolonha Club. Ao invés de falar se a  é boa e outros critérios subjetivos, ele separa em tópicos pra classificar e caracterizat a birita em aspectos distintos, pra ter uma idéia melhor da bebida.

A cerveja Inocência é uma das minhas brasileiras preferidas. Uma trippel que se apresenta como forte, era de alguma dessas cervejarias artesanais pequenas que pipocaram por aí mas foi comprada pela Krug, embora eu tenha tomado a original dela. Tem teor alcoólico de 8,0% e, se o cara não está acostumado é capaz de ficar meio tonto só com uma dela.
  • Ela tem a cor alaranjada clara mas fosca.
  • Apresenta cheiro de cerveja mesmo, de malte etc. e sem o maldito aroma cítrico.
  •  Tem o sabor que parece adocicado, mas não é uma cerveja doce. Ele acompanha o aroma, ficando na boca, no fim.
  •  A cerveja tem bastante espuma, é encorpada sem ser pesada e não fica melando na boca.
O preço é que é meio salgado, mas enquanto o governo estiver ferrando os impostos nas importadas, os produtores nacionais vão aproveitar da reserva de mercado. E o consumidor continuar se f*dendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário