segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Fim Do Relacionamento Versão LichKing

Eu tava procurando uma figura semelhante, mas não achei... daí arrumei essa que era mais maneira, completei o último quadrinho lá embaixo e pus a legenda (assim posso compartilhar com nossos amigos gringos também):


 hauahauhaua namoral... ficou muito engraçado...

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Cebola Burguer v1.1 [Dona Maria Mode]

Acho que descobri a versão definitiva do Cebola Burguer. Dessa vez ficou sinistro. Não mudou muito, apenas adicionei um ingrediente (maionese) e troquei a ordem deles no pão.

Ingredientes

  • 1 meia cebola partida em rodelas
  • 2 colheres de chá de maionese
  • 1 pão francês
  • 1 hambúrguer de boi
  • 1 ovo
  • Molho inglês ou Worcestershire sauce
  • Batata palha
Modo De Preparo

Primeiro abra o pão e passe 1 colher de chá de maionese em cada metade. Coloque a batatinha em uma das metades. Depois frite (ou grelhe ou asse) o hambúrguer, colocando-o em cima da batatinha. Refogue a cebola com o molho inglês, um pouco de azeite (e sal, se quiser), colocando a por cima do hambúrguer. Por fim, frite o ovo e coloque por cima das batatas, fechando com a outra metade do pão, que deve estar com maionese.

Ficou bonzasso... tenho que segurar a onda, senão vou acabar fazendo outro!


terça-feira, 16 de outubro de 2012

Cebola Burguer v1.0 [Dona Maria Mode]

Hoje estou inaugurando uma nova sessão do blog, o Dona Maria Mode (auheuaheuahe homenagem ao Mitsujii), onde vou publicar minhas tentativas, frustradas ou não (espero que as frustradas sejam minoria) de cozinhar e de bolar umas receitas.

Pra começar, vou postar a receita de um sanduíche que eu fiz hoje, o Cebola Burguer. A história dele vem de quando eu era pequeno, e pegava tudo que tinha na geladeira, e colocava no sanduíche (mas não pegava o arroz, feijão, macarrão, etc não). Nem sempre tinha tudo que eu queria colocar, mas invariavelmente tinha cebola e pão francês. Com o tempo, eu ia temperando a cebola com molho inglês, e isso dava um sabor diferenciado, que não vi em nenhum outro sanduíche que leva este vegetal, muito menos na porcaria do CBO do McDonalds.

Então, depois de umas décadas, eu resolvi tentar de novo, afim de bolar uma receita fixa e gostosa. Como não lembro como exatamente como eu fazia, parti para a tentativa e erro. Vamos à primeira tentativa:

Ingredientes
  • 1 cebola
  • 1 pão francês
  • 1 hambúrguer de boi (um bife serve)
  • 1 ovo
  • Molho inglês ou Worcestershire sauce
  • Batata palha
Modo de Preparo
Primeiro, corte o pão no meio (corte diametral, o corte comum, mas não deixe um dos lados presos, pq senão não vai caber os ingredientes no meio). Depois corte a cebola em rodelas e tempere com molho inglês. Você pode colocar um pouco de sal ou azeite também se quiser. Daí, deixe a cebola pegando um pouco de gosto e prepare o hambúrguer do jeito que você preferir (assado, grelhado ou frito). Refogue a cebola até ela começar a fritar, de preferência na panela em que você fritou/grelhou a carne. Se precisar, coloque um pouco de azeite para facilitar.

Frite o ovo com a gema dura ou mexido (melhor o ovo inteiro com a gema dura pra não fazer bagunça). Primeiro coloque o ovo no pão, depois a carne, depois a batatinha, depois a cebola. Feche o sanduíche com a outra metade do pão e GG.

Confesso que esta versão não ficou muito boa, não ficou do jeito que eu lembrava mas deu pra comer mas já sei o que vou tentar para a versão 1.1: colocar menos cebola (metade) e adicionar uma fatia de algum queijo, tirar a batatinha e alterar a ordem dos ingredientes no sanduíche.

Logo posto os resultados aqui!

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Zumbis Biológicos x Artificiais [Viral Jogos De Zumbi]


Clique para ampliar a figura acima!

Uma imagenzinha que eu fiz para fazer uma pesquisa na página do Facebook do site Jogos de Zumbi e também pra ajudar a divulgá-los, que estão fazendo um trabalho bacana, atualizando o site todo os dias, etc.

Resolvi postar aqui também, pra saber o que vocês acham... Então?

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Husk [Filme]

Husk é um filme de terror americano, lançado em 2011 como parte da série After Dark Films. Conta a história de um grupo de jovens que estavam viajando pelo interior dos EUA e, após um corvo bater no vidro do carro, este fica inutilizado, parando perto de um milharal com uns espantalhos muito sinistros.

Os espantalhos se revelam mortos-vivos, que ao matar, transformam a vítima em um espantalho zumbi, aumentando seus números.

O filme conta com vários pontos positivos. Logo de cara já posso citar a boa filmagem e a atmosfera tensa. A aflição fica por conta de um terror psicológico, ao contrário destes filmes que ficam colocando cenas "fortes" para chocar.

Além disto, pode parecer um paradoxo, mas tem clichês de vários filmes de terror, mas seu enredo não é manjado. Isto pois, apresenta-os de maneira diferente, quase subliminares. Então, você vai assistir várias cenas familiares, sem quebrar o suspense.

Entretanto, achei prudente a ausência de alguns clichês idiotas de filmes de terror, como por exemplo aqueles rockzinhos mela cueca (que os amadores e posers acham pesadassos) relacionados aos personagens jovens americanos. É meio spoiler, mas o protagonista não é a mulher (outro clichê sem sentido).

Espantalhos, mortos-vivos, rednecks e maldição de família. Tem mimimi, mas não é nada exagerado. Logo os personagens desconfiam que tem algo tenso e sobrenatural rolando e atuam a partir daí, ao invés de ficarem gritando e tirando as calças, esperando pra trolha entrar.

Para um filme de terror totalmente não mainstream, conta com um elenco decente e uma boa produção.

Então, não vou dizer que o Husk é um filmaço (como praticamente nenhum dos filmes que faço review) ele não inova nada no gênero, mas é um bom filme de terror pelos motivos que citei acima e em comparação com outros lancamentos recentes do gênero. Recomendo.

Trailer
Trailer do Filme Husk (2011)

Trailer do filme Husk (O Espantalho)Leia a resenha do filme: http://bit.ly/1EpS8zgAssista mais trailers: http://bit.ly/1X0niU3

Posted by Jogos De Zumbi on Saturday, August 29, 2015

Ficha Técnica
Título: Husk (2011)
Título Brasileiro: Espantalho
Duração: 83 minutos Gênero: Terror, Zumbis
Dirigido e Escrito por: Brett Simmons
Elenco Principal: Devon Graye, C. J. Thomason, Wes Chatham, Tammin Sursok e Ben Easter
País: Estados Unidos

Saiba Mais

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Locked Down [Filme]

Locked Down é um filme de ação/luta/crime lançado em 2010. Conta a história de um policial honrado e especialista em artes marciais, que foi injusticado e mandado para a prisão. No decorrer do filme, descobre-se que foi tudo armado, para ele participar de um esquema de lutas undergrounds, controladas pelo gângster Anton Vargas (Vinnie Jones), que foi mandado para a penitenciaria pelo próprio policial.

O filme não tem muitos momentos altamente memoráveis, exceto pela boa atuação e carisma de Vinnie Jones e umas vagabundas que aparecem vez ou outra, em trajes sumários.

Entretanto, não tem nada de incômodo no filme. Bom exceto a tatuagem, pelo menos muito esquisita, em cima da bunda do protagonista, algo eu não precisava de ter visto.

As cenas de luta são decentes, embora quem estiver esperando algo do nível do Undisputed irá  desapontar. Apesar disto, pelo menos na minha humilde opinião, o filme tenta seguir a mesma linha. O Kimbo Slice faz uma pequena aparição também. Papel de presidiario barra pesada é com ele mesmo hein?

Resumindo, tem um enredo simples, porém bacana, e, se você curte filme de prisão sem gaysisse (exceto a tattoo suspeita do cara), pancadaria com artes marciais e Vinnie Jones, vale a pena arriscar, se não tiver nada melhor pra fazer, claro.

Trailer


Ficha Técnica
Título: Locked Down (2010)
Título Brasileiro: A Jaula
Duração: 99 minutos
Gênero: Ação, Crime, Artes Marciais
Direção: Daniel Zirilli
Escritores: D. Glase Lomond, Daniel Zirilli e Bobby Mort
Elenco Principal: Tony Schiena, Dave Fennoy e Vinnie Jones
País: Estados Unidos

Saiba Mais

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Battleship [Filme]

Battleship é um filme de ficção científica militar americano, lançado em 2012. Ele é sobre uma batalha naval que acontece quando um grupo de naves alienígenas hostis, atraídas por um sinal enviado pela Terra para um exo-planeta, chegam ao nosso planeta.

O enredo é simples e neutro. Não espere nenhuma teoria da conspiração nem dramas e conflitos humanos bobos (pelo menos diante de um acontecimento desta magnitude). A ausência dos últimos, é uma bênção, diga-se de passagem.

Infelizmente, no início do filme, antes de começar a guerrinha (o que já me deixou nervoso e decepcionado, por causa do trailer, que parecia muito bacana), fica mostrando umas palhaçadas que você não está nem um pouco interessado. Por exemplo, o papel de palhaço que o protagonista faz pra pegar a mina mais gata do filme (e que, vale dizer, nunca ia funcionar na vida real), seus problemas com autoridade, etc. Único drama relevante, uma lição de vida, foi o do negão com cara de poucos amigos, querendo se reabilitar depois que perdeu as pernas em alguma guerra, que estava revoltado com a situação, mas acaba sendo crucial para os humanos, no decorrer da história...

Mas parece que dividiram o filme em parte ruim e parte boa. Na parte boa, não tem mimimi. Efeitos especiais muito bacanas, pessoal se ajudando e esforçando para resistir a invasão e com uma ação que faz você ficar torcendo pros terráqueos. Quando o filme/série tem muito dramalhão, normalmente você torce para os humanos morrerem logo, pra acabar com a frescura. No Battleship, você torce para que eles mostrem pros aliens o poder da engenharia de guerra naval dos séculos XX e XXI, e mostrar porque somos uma espécie agressiva.

O elenco achei razoável, nada de mais, pra variar. A pequena presença de Liam Neeson não faz muita importância e o protagonista evolui de um zé ruela qualquer para um líder, embora seu personagem não seja marcante como o mafioso do Thinner e outros épicos chars de épicos filmes.

Resumidamente, é tipo um Independence Day sem o Will Smith e várias histórias secundárias interligadas de alguma forma, misturado com Transformers, sem exagerar no nhenhenhé com namoradas e outros assuntos mundanos e inócuos.

Trailer

Ficha Técnica
Título: Battleship (2012)
Título Brasileiro: Battleship - A Batalha Dos Mares
Duração: 131 minutos
Gênero: Ficção Científica/Militar
Direção: Peter Berg
Escritores: Jon Hoeber e Erich Hoeber
Elenco Principal: Taylor Kitsch, Alexander Skarsgård, Rihanna Brooklyn Decker e Liam Neeson
País: Estados Unidos

Saiba Mais

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Jogando Tetris


Um meme que eu traduzi para a Gaming Room, deve entrar no ar no site deles neste sábado!

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Momentos Traumáticos Do CDZ


Fiz esta piadinha pra zuar um amigo meu que adora Cavaleiros do Zodíaco! Hauehaueheau

Heróis De Gerações Diferentes


Eu não fiz este meme para apenas traduzi, para o blog Laminha. Não fiz uma tradução direta, porque achei que perdeu um pouco da graça!

Ah, clique para ampliar!

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Lavaque [Vinho]

Meu padrinho ia fazer um bacalhau e pediu pra mim trazer um vinho branco. Eu não sei se vinho branco é o melhor pra harmonizar com bacalhau, mas tudo bem. Adoro bacalhau e adoro vinho, não tinha como dar errado.

Mas eu não gosto de qualquer vinho, por isso, ao chegar no supermercado, veio um atendente perguntando se podia ajudar e já falei logo que queria um vinho seco, mas sem ser azedo (por causa do meu padrinho, que pediu pra não pegar assim). Daí ele me recomendou o Lavaque, que é fermentado de uvas torrontés. 

É um vinho com "sabor vivo e intenso. Bouquet complexo e cativante com agradáveis aromas de melão, pêras e futras cítricas acompapnhados de delicadas notas florais, típicas deste varietal. Na boca é fresco e leve com surpreendente final na boca seco e muito agradável."

Sim, é bem fresco esta descrição, como o rapaz que me atendeu. Mas sejamos justos, muito profissional, prestativo e competente: acertou em cheio, ainda mais pra quem estava procurando um vinho bom e com preço muito acessível

Realmente é um vinho relativamente barato, mas que não tem o sabor muito ácido (ou seja, não parece vinagre, tipo esses vinhos que só servem pra temperar carne), mas também não é doce (sem parecer biotônico). Seco, porém suave.

Também não sou especialista em vinho, e entendo nada de harmonização, mas se você tiver procurando algo parecido, pode arriscar o Lavaque, talvez você goste também. E se puder, deixe sua opinião aqui também!

As fotos que tirei da garrafa ficaram ruins. Se eu comprar de novo, tento tirar uma melhor e publico aqui!

sábado, 28 de julho de 2012

Chernobyl [Filme]

Chernobyl é um filme americano lançado em 2012, dirigido por Bradley Parker, que conta a história de um grupo de amigos que vão visitar as ruínas de uma cidade russa Prypiat, e acabam se deparando com uma situação muito deseperante, complicada e inusitada! Eu não vou ficar contando a história, porque a graça do filme é justamente o mistério.

O enredo em si não é muito bem desenvolvido. Por exemplo, o porque que umas pessoas, em uma viagem pela Russia, a caminho de Moscow, ficam pilhados para visitar uma cidade deserta, está além da minha compreensão. Entretanto, o suspense, as tomadas sinistras e a atuação relativamente boa do elenco relativamente desconhecido (com destaque para Dimitri Diatchenko, que interpreta o russo Uri), faz Chernobyl uma ótima opção para quem quer assistir um filme onde "tudo que deveria estar morto, não está" (você deve saber do que eu estou falando).

 O filme não tem muitos clichês de filmes de terror americano, e os personagens não dão muita raiva (nenhum desses que você fica torcendo pra morrer logo). Como eu disse, a atmosfera é muito sombria e sinistra e ao mesmo tempo não é um filme pra te dar susto (eu pelo menos não tomei), e nem pra te chocar (não tem cenas explicitas de tortura ou violência). Eu curto demais filme assim! E isso não quer dizer que seja um filme leve, é daqueles que ficam uns zé ruelas no cinema fazendo piadinha sem graça, pra ver se alivia a tensão. Como eu disse, vale a pena assistir. A não ser que você seja otário e queira perder tempo e dinheiro assistindo mais um filme com aquele filho sem graça do Chico Anysio...

Trailer
Trailer do filme Chernobyl [2012]

Trailer do filme Chernobyl Diaries (2012)Veja a resenha do filme: http://bit.ly/1MWzC2FMais Trailers: http://bit.ly/1X0niU3

Posted by Jogos De Zumbi on Sunday, August 30, 2015


Ficha Técnica
Título: Chernobyl Diaries (2012)
Título Brasileiro: Chernobyl
Duração: 86 minutos
Gênero: Horror
Escritores: Oren Peli, Carey Van Dyke, Shane Van Dyke, Martin Solibakke
Elenco Principal: Jesse McCartney, Jonathan Sadowski, Devin Kelley, Olivia Taylor Dudley, Nathan Phillips, Ingrid Bolso Berdal, Dimitri Diatchenko
País: Estados Unidos

Saiba Mais

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Ballantines 12 Anos


Antes de mais nada, não sou especialista em whisky! A única coisa que eu sei bem sobre o assunto, é que eu gosto!

Mas como eu também gosto de conhecer mais sobre as coisas que me interessam, outro dia comprei um Ballantines 12 anos que estava na promoção, por apenas 89 reais.

Tenho que ser honesto: eu arrependi... Arrependi mesmo... Porque agora vai ser difícil voltar para o 8 anos... Eu já preferia o Ballantines 8 anos, ao Red Label, e seu 12 anos bate o Black, na minha opinião.

O sabor é muito suave, mas sem ser fraco. Não sei descrever, ele não desce queimando, como se fosse doce mas sem ser doce. Dispensa qualquer coisa, até gelo ou água, mesmo se você não quiser tomar "cowboy". Em outras palavras, se você é fã de whisky que nem eu, você vai querer beber pra apreciar, não pra ficar tonto.

Existem outras "edições" (não sei se é o termo certo para whiskys), do Ballantines 12 anos, eu tenho até um que ganhei mas ainda não abri (depois faço o review também). Mas já posso falar que este aí da foto, é em minha humilde opinião, uma excelente alternativa para quem quer fugir do Johnnys Walkers... Não que estes sejam ruins, muito pelo contrário, mas só pra saber que existe coisa boa além deles!

Lembre-se que bebidas alcoólicas são apenas para maiores de 18 anos!!!

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Dark Prince: The True Story of Dracula [Filme]

Dark Prince e um filme de Guerra/Terror feito para TV, escrito por Thomas Baum, dirigido por Joe Chappelle e lançado em 2000 na USA Network

O filme conta a história de Vlad III, o Príncipe da Wallachia, também conhecido como Vlad, O Impalador, ou... Drácula. Mas não pense que é um filme de vampiros, e sim uma dramatização bastante fiel sobre uma figura histórica, ou seja, uma pessoa que realmente existiu.

Para quem não sabe, Vlad III, que viveu no século 15, foi um príncipe que lutou pela independência da Wallachia (uma região da Romênia), durante a invasão otomana. Ele ficou conhecido pelos seus métodos sádicos e cruéis de punição para quem transgredisse as suas leis (daí o apelido de Impalador). Apesar disto, é ainda considerado um herói e símbolo de patriotismo na Romênia.

Bom, o filme e bacana. Um dos motivos é este: uma personalidade controversa e de extrema relevância na história da Europa e que não poderia de ter muitas lendas sobre sua vida. Estas, são citadas no filme, mas de um jeito muito inteligente (neutro, sem afirmar ou desmentir nada que não fosse comprovado) mas sem perder a graça com isso. Muitas destas lendas, misturadas com alguns fatos verdadeiros sobre a vida de Vlad III, com certeza inspiraram Bram Stoker a criar o Conde Drácula.

Outras razões para eu considerar Dark Prince: The True Story of Dracula, um filme que vale a pena assistir, são o elenco, muito bom para um filme de televisão (contando com Peter Weller, o RoboCop) e, apesar de ter algumas partes onde você tem algo de sobrenatural, é um filme histórico. Ou seja, é muito bacana o jeito que nele se relacionam as lendas que foram bases para a lenda e mito de Drácula, com a História. É interessante isso. Quem gosta de filmes medievais de guerra também pode dar uma olhada.

Interessante: O Príncipe Drácula do filme é carismático (tinha que ser, como qualquer líder que se preze, não esses dementes, criminalmente insanos também, que temos por aí) o cara era chapa quente. Repare na parte em que ele manda pregar os turbantes dos árabes que foram amolar ele no palácio, que se recusaram a tirar seus "chapéus". Imagina se chegasse esses vampiros pó de arroz e efeminados de hoje em dia por lá, falando que são inspirados na lenda do Vlad III?

Trailer
Trailer do Dark Prince

Trailer do Dark Prince: The True Story of Dracula, um filme baseado nos fatos históricos acerca de Vlad III, o Príncipe da Wallachia, conhecido também como Príncipe Drácula. Desnecessário dizer que ele é o sujeito no qual a lenda do Conde Drácula foi baseada.Leia o review do filme: http://bit.ly/1Nh7gh6

Posted by Jogos De Zumbi on Tuesday, December 8, 2015


Ficha Técnica
Título: Dark Prince: The True Story of Dracula (2000)
Título Brasileiro: Principe das Trevas: A Verdadeira História de Drácula
Duração: 91 minutos Gênero: Horror/Guerra/Biografia
Elenco Principal: Rudolf Martin, Jane March, Christopher Brand, Peter Weller, Michael Sutton, Roger Daltrey
País: Estados Unidos

Saiba Mais
  1. Artigo do filme na Wikipedia
  2. Dark Prince: The True Story of Dracula no IMDB
  3. A música Impaler da banda the Thrash Metal norte-americana, Exodus, é sobre Vlad III.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Slither [Filme]

Slither é um filme de ficção científica com comédia (o prefeito dá um show a parte) lancado em 2006, pela Universal Pictures e dirigido por James Gunn. O filme é sobre uma entidade alienígena que invade o corpo de Grant, interpretado por Michael rooker, um cara da cidade de Wheelsy, South Carolina (EUA).

A entidade (chamada de "The Long One") logo comeca a se espalhar, com umas lesmas parecidas com as que saem da barriga daquele gordão do SAS: Zombie Assault 3 (Game), que penetram na boca do futuro hospedeiro, fazendo deste um zumbi, totalmente obediente a The Long One, compartilhando a consciência e pensamento com todos os infectados.

Bom... Não é um filme que eu assistiria novamente, mas também não diria que é um filme que eu perdi tempo. Aliás, me surpreendeu, usou de humor politicamente incorreto, sem cair na babaquisse, os efeitos especiais não são tão trash, para um filme B (é claro) e a premissa é interessante: esta entidade de bilhões de anos de idade, que viajou pelo Universo, finalmente chegando à Terra e preparando para infectar o mundo todo.

Michael Rooker é um bom ator. Claro, falando ainda no plano dos filmes B. Talvez ele ainda não havia refinado seu estilo, o que apresentou ao interpretar o redneck Merle Dixon do Walking Dead (aquela série de zumbi), mas ele consegue vender o peixe neste filme.

Resumindo: Você tá afim de ver um filme que mistura zumbis, com aliens, cheio de gore e com um tom engraçado, mas sem cair pra comédia? Já assistiu um tanto e está ficando sem idéia? Então experimente Slither, só não vou te prometer nada muito memorável, mas com certeza melhor que assistir Faustão no domingo.

Ficha Técnica
Título: Slither (2006)
Título Brasileiro: Seres Rastejantes
Gênero: Ficção Científica/Terror com comédia
Dirigido E Escrito Por: James Gunn
Elenco Principal: Michael Rooker, Elizabeth Banks, Nathan Fillion, Tania Saulnier, Gregg Henry
País: Estados Unidos

Trailer


Links Relacionados

Primeira Cinematic Do Diablo 3

Estamos aqui aguardando pelo lançamento oficial do Diablo III amanhã. Já instalei e criei meu Battletag.

Como não dá pra fazer mais nada, gravei esse vídeo:



Nossa muito bem feito. No YouTube perdeu um pouco de qualidade, mas aqui ficou quase tridimensional!

Amanhã eu posto na Gaming Room!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Top 10% no Infectonator 2


Clique para ampliar a figura acima!

EEEEE! Consegui ficar 10% no ranking da ArmorGames do Infectonator 2. Botando a GamingRoom e o Brasil no topo mais uma vez. Bom, pelo menos até ontem! Hehehehe...

Ficou muito maneiro o Infectonator 2, mas acho que precisa de expandir mais, que nem o Toge ta fazendo com o Necronator 2!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Conversa Casual


Este é um meme que eu fiz pro Laminha e que acabou saindo no MemeMania! Foi o primeiro meme que eu fiz, e parece que é o único que fez sucesso ehuhaeuaheuaheuah, mas tá valendo, achei massa!

Basta clicar pra ampliar a figura!

domingo, 25 de março de 2012

Dungeons & Dragons 2 [Filme]

Bem, o primeiro filme do Dungeons & Dragons é podre. Na melhor das hipóteses, vale como curiosidade para os RPGistas. E foi por curiosidade que eu descobri que o Dungeons & Dragons: Wrath of the Dragon God (também conhecido como Dungeons & Dragons 2: The Elemental Might), é, ao contrário do seu antecessor, muito bom. Ah, pelo menos para quem gosta de D&D ou RPGs!

Tipo, é uma das poucas adaptações cinematográficas que realmente capturam o feeling de um original. Realmente parece uma aventura de D&D, AD&D, Dragon Quest etc.

O elenco é composto basicamente de não conhecidos (inclusive duas loiras gostosas, a mulher do cara e a bárbara, essa então, pqp...) junto com a única coisa que salvou do primeiro filme, Bruce Payne, este ator que manda bem demais (assista Passageiro 57, dentre outros) retornando como Damodar, o principal antagonista do filme.

Foi esperteza ter lancado apenas pra DVD também, pois o filme tem muitos elementos do jogo (nome das magias, alinhamentos, monstros com comportamento padrão do jogo, etc) assim o público principal são os jogadores, deixando a audiência mainstream com a impressão de assisitir apenas mais um filme B. Acho que se tivesse lançado para o cinema, com um orçamento muito grande, ia acabar sendo um fracasso nas bilheterias e eles iam desistir de vez da idéia...

Então se você gosta de Dungeons & Dragons 2 ou algum role playing video game no estilo de Might & Magic ou pelo menos gosta de fantasia medieval, pode assistir, pois capturou bem o esquema que todos buscaram no primeiro filme, mas ficaram frutrados com aquele roteiro nada a ver.

Estão filmando uma nova sequência para a franquia: Dungeons & Dragons: The Book of Vile Darkness. De acordo com a IMDB, vai ser lançado em 2013...

Ficha Técnica
Título: Dungeons & Dragons: Wrath of the Dragon God (2005)
Título Brasileiro: Dungeons & Dragons 2: O Poder Maior
Gênero: aventura
Dirigido Por: Gerry Lively
Escrito Por: Robert Kimmel e Brian Rudnick
Elenco Principal: Bruce Payne, Mark Dymond, Aurimas Meliesius, Clemency Burton-Hill, Ellie Chidzey
País: Estados Unidos

Sinopse
Aproximadamente cem anos depois dos eventos do primeiro filme, Damodar, sobrevive a derrota por Ridley Freeborn, sendo amaldicoado pelo seu antigo mestre, Profion, a andar eternamente pela terra como um morto vivo. Enlouquecendo por conta da maldição, ele procura vingança contra o reino de Izmir, e os descendentes daqueles que o derrotaram

Trailer (na verdade é um Clipe)


Links Relacionados e Fontes

quarta-feira, 14 de março de 2012

Show De Fogos Em Cabo Frio 2011/2012



Apenas um vídeo que gravei na virada de ânus, digo de ano, em Cabo Frio, RJ. Foi do reveillon de 2011 pra 2012. É muito bacana, não paga nada pra assistir e me surpreendeu.

Quem gosta dessas coisas vai se amarrar. O problema são os farofeiros (tirei o som por causa da gritaria e do palavreado)... Então é bom já ir bem bêbado pra lá, se não você não vai aguentar, a não ser que você seja farofa também ehehhehe

sexta-feira, 9 de março de 2012

Mestre Do StarCraft!



Eheheh quem dera, mas eu consegui pelo menos ganhar o Achievement no game.

Já postei na Gaming Room, este vídeo, mas vou postar aqui também, já que eu fiz mais de empolgação, e é conteúdo meu!

Mas deu muito trabalho vencer todos os rounds. Alguns são muito difíceis, principalmente os últimos (tirando o 29). Cada um deu mais trabalho do que todos os outros juntos, mas valeu a pena. Além de ganhar a realização, aprendi muita coisa útil no jogo com esse mod da Blizzard.

sábado, 3 de março de 2012

Alien vs. Ninja Review

Esta resenha é meio estranha para comecar uma área do site, pois esperava-se que fosse um filme que eu gostasse muito, mas não foi o caso. Não digo que odiei, mesmo porque hoje em dia, quando eu não arrependo de ter assistido algum filme, eu já fico satisfeito.

Mas já vou avisando, se você espera um filme sério, não assista Alien vs. Ninja. Entretanto, se você sempre imaginou como seria super treinados ninjas enfrentando uma mistura de alien e predador, que tranforma suas vítimas em zumbis encubadores de seus filhotes, não liga para o fato do extraterrestre parecer um godzilla miniatura e gosta de um humor tosco japonês, pode assistir.

A idéia do filme é bacana, conta com umas boas cenas de ação e gore bem cine trash, rende umas gargalhadas, com umas piadas estilo aquelas cenas censuradas do Dragon Ball que não passaram no Brasil. Ah, tem uma japinha ajeitada também.

Ficha Técnica
Título: Alien vs. Ninja (2010)
Gênero: ficção /comédia
Escrito e dirigido por Seiji Chiba
País: Japão
Idioma: Japonês

Trailer


Saiba Mais

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Aviso Na Privada


 Este foi um aviso que eu vi no banheiro de um prédio de um amigo! O aviso é de verdade... Na hora pensei: "poxa, hoje em dia precisa de especificar isso?" hehehe

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Lagartixa comendo uma barata

Outro dia, no reflexo, deparei com esta cena:


A resolução do celular não é muito boa, mas acho q da pra ver... A figura acima amplia também, basta clicar nela!

Tipo, pode até achar viadagem, mas eu tenho muito nervo de barata, e não sabia que lagartixa comia elas. Ta aí finalmente uma utilidade pra elas!

Meme: No Fim Do Dia

Bolei mais um Meme que vou mandar pro Laminha. É uma situação que acontece com frequência:

Para visualizar, basta clicar na figura pra ampliar!

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Mais Um Meme Pro Laminha

Fiz mais um meme pro Laminha! Ficou meio bobo, mas era o objetivo hehehe:


Basta clicar pra ampliar!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Meme Podrera

Esse meme partiu de umas conversas que tem por aí AHUAUAUHAUHAUHHAU. Montei esse meme para o o Laminha (www.laminha.com). A primeira versão tava muito explícita e nojenta, essa ficou, digamos, mais leve.

Clique para ampliar, por sua livre espontânea vontade:

domingo, 8 de janeiro de 2012

Novo endereço

Heheheh... Sei que não tem quase nada no site, mas eu estou guardando uns conteúdos para postar aqui.

Toma tempo escrever contos, e eu não quero atualizar este site algumas poucas vezes por ano. Assim, e também aproveitando este excelente espaço do Blogger, vou compartilhar além das histórias que estou bolando e pretendo bolar, algumas idéias e informações de minha autoria.

Será uma espécie de blog pessoal, mas sem ser pessoal. Como assim? Tipo, ao passo em que não vou preocupar em fornecer conteúdo profissional, também não vou compartilhar babaquisse que ninguém mais se importa (do tipo: "ah! hoje acordei apaixonado" ou "que venha a sexta feira"). Estou pensando em escrever resenhas pequenas e informais de filmes, bebidas, aparelhos eletrônicos, receitas (quem sabe), postar vídeos e fotos interessantes. Enfim, algo que possa ser relevantes para mais alguém, ou pelo menos direcionar para uma busca mais avançada do assunto. Parecido um pouco com o blog do Douglas Eagle.

Ah! Novo endereço será: www.contosdomausoleu.com

Abraços!